sábado, 8 de outubro de 2016

Bookhaul #17 - Setembro de 2016

No mês de Setembro, além das compras na Feira do Livro comprei mais 3 livros na Note:

Encontrada 
Inverno Russo
Ausente na Primavera

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Bookhaul da Feira do Livro do Porto 2016 - Bookhaul #16

Este ano fui 2 vezes à Feira do Livro do Porto.

Da 1ª ida vieram estes livrinhos:


Da Relógio D'Água com um bom desconto

Da Editora Nova Vega




                                                  Da 2ª ida vieram estes livrinhos:




Até que o Amor me Mate - Antunes Livreiros com 20% de desconto
O Filho Dourado - Ficou por 10eur num alfarrabista
Broken - Na Chiado Editora por 11eur
Rita e a Lenda da Lagoa das 7 Cidades - Editora Nova Vega por 5 eur

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Bookhaul #15 - Agosto 2016

Em Agosto comprei alguns livros no Awesomebooks, no Bookdepository e a um amigo :)
Chegaram todos cá a casa na última semana de Agosto daí este post estar a sair agora no início de Setembro (mais ou menos).

Do Awesomebooks:


Do Bookdepository:


Em segunda mão:


segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Summer TBR - Actualização

Aqui fica a actualização do post da Summer TBR, com os livros que li, não li e afins :)

Para estas férias de Verão, depois de andar a arrumar os livros que tenho por ler, selecionei alguns livros que já há muito tempo quero ler mas por um motivo ou outro tenho adiado e lido outra coisa, ou apenas por preguiça de lhes pegar.
Então, estes são os livros que tenho para ler, nada de batota e ir pegar nos outros! O espaço para guardar os livros não está a aumentar, antes pelo contrário... Se não os conseguir terminar, então vai ser altura de unhaul, uma vez que não faz sentido ter livros que não leio ou não gosto quando há tantos livros bons à espera de uma oportunidade de virem cá para casa ;)


Lágrima - Perdi o interesse em ler e continuar com a série vai para Unhaul.
A Cascata do Amo - Perdi o interesse em ler e continuar com a série vai para Unhaul.
Ana Karenina - Vai ficar para ler noutra altura.
A Monster Calls - Lido!
Vendetta - Lido! Opinião aqui
Dash & Lily's Book of Dares - Vai ficar para ler noutra altura.
O Paraíso das Damas - Vai ficar para ler noutra altura.
Witch Hunter - Vai ficar para ler noutra altura.
Prom & Prejudice - Lido!
Ir é o melhor remédio - Lido!
Pequenos vigaristas - Lido!
Sissi, imperatriz por amor - Continua em pausa...
Champion - Lido!
Jane Eyre - Continua em pausa...
Amy and Roger's Epic Detour - Não tenho interesse em ler e vai para unhaul.
Slated - Ainda não li.
Fire & Flood - Desisti e vai para unhaul.
Fala-me de um dia perfeito - Lido e já foi para Unhaul. Opinião aqui
Inferno - Nem lhe peguei...
A Papisa Joana - Li cerca de um terço e desisti. Foi para Unhaul.
Eleanor & Park - Lido!


Ao todo eram 21 livros
Li integralmente 8
Desisti de 1
Não tenho interesse em pegar em 3
Por ler 9

Considero que o desafio Summer TBR correu bem, pois consegui reduzir a TBR e ler livros que me encheram as medidas assim como despachar livros que não tenho interesse em manter ou continuar a ler.

sábado, 13 de agosto de 2016

Vendetta - Catherine Doyle - Opinião



Sinopse

As coisas não andam a correr lá muito bem para a jovem Sophie Gracewell. O pai está preso, a mãe trabalha dia e noite para conseguir sustentar a família, e ela própria tem que ajudar no restaurante da família. Para além da sua amiga Millie, não se passa grande coisa naquele pequeno subúrbio de Chicago onde vive. Mas tudo está prestes a mudar. A velha casa abandonada lá da rua está habitada pela primeira vez desde há imensos anos. A nova família é composta por cinco irmãos e, para Sophie e Millie, parece saída de um sonho. Quando dois dos irmãos vão até ao restaurante, ambas ficam caídas pelos rapazes e, de repente, o verão até parece mais luminoso. No entanto, nem tudo é o que aparenta ser. É que os dois bonitos rapazes são parte de um problema bem maior. São parte da família Falcone, bem conhecida pela sua má reputação e, pelos vistos, Sophie não é bem vinda à casa dos Falcone. Ela não consegue perceber o porquê, e a sua paixão pelo belo Nic faz com que não desista sem primeiro dar luta. É garantido que o sangue vai jorrar e os corações se vão partir.

Opinião

Sophie trabalha no restaurante do pai, que está preso por assassinato e é gerido pelo seu tio. Lá também trabalha Millie, a sua melhor e única amiga desde que o seu pai foi preso. A sua mãe tem dois empregos para fazer face ás despesas e por isso um pouco ausente. Quando um dia voltava para casa do trabalho, Sophie vê que uma antiga mansão do bairro, tem novos inquilinos. Trata-se na realidade da família Falcone, a família do homem cujo pai de Sophie matou. São 5 irmãos e a mãe destes. Só que Sophie não sabia quem eles eram nem eles sabiam quem ela era, começando a partir daí a confusão, pois as famílias de ambos são digamos que inimigas por motivos posteriormente revelados. Assim este livro é uma espécie de Romeu e Julieta com Máfia à mistura e muito possivelmente (espero eu) um triângulo amoroso. 
Gostei bastante da escrita e do modo como sendo a história contada do ponto de vista de Sophie, nós vamos sabendo o que se passa à medida que ela própria o descobre, apesar de ela ser um pouco lenta a perceber as coisas...

Quando cheguei à última página, só pensei, que queria que não acabasse e a história continuasse.
Em relação à edição portuguesa, ela é igual à edição original e confesso que não desgosto. Em relação à tradução e edição em português, detetei alguns erros ortográficos e de espaçamento entre palavras...

Vendetta é o primeiro livro que faz parte da trilogia Blood for Blood e foi publicado em Portugal pela Lápis Azul. Já saiu nos EUA o segundo livro, Inferno e em 2017 sai o terceiro livro, Mafiosa. Espero que a editora não demore muito a lançar Inferno, de modo a poder ter a trilogia completa em português.

4/5

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Fala -me de um dia perfeito - Jennifer Niven -Opinião


Sinopse
Violet Markey vive para o futuro e conta os dias que faltam para acabar a escola e poder fugir da cidade onde mora e da dor que a consome pela morte da irmã. Theodore Finch é o rapaz estranho da escola, obcecado com a própria morte, em sofrimento com uma depressão profunda. Uma lição de vida comovente sobre uma rapariga que aprende a viver graças a um rapaz que quer morrer. Uma história de amor redentora.

Opinião
Violet e Finch estão a pensar suicidar-se e escolhem atirar se do campanário da escola. Eles apenas se conhecem de vista, nunca falaram um com o outro até se encontrarem naquele momento. Finch convence Violet a não saltar e por querer ajudá-la decide que também não se quer suicidar. Aos poucos a relação deles vai se tornar cada vez mais próxima, de conhecidos a amigos e de amigos a namorados. 
Quem não quiser spoilers, não leia o que vem a seguir!


Então cá vai:
Para quem leu o A Culpa é das Estrelas do John Green, neste livro acontece a mesma coisa mas em vez dos protagonistas terem cancro, têm tendências suicidas... Ora como referi, Violet tenta suicidar-se e Finch impede-a e ajuda a a superar os seus problemas. Enquanto isso ele tende a piorar e suicida-se no final... Daí, me lembrar o outro livro em que quem estava a morrer era a rapariga e o rapaz estava estável. Começam a namorar e no final ele é que morre. 
O livro é interessante em termos de temática por causa do suicídio entre os jovens, e a autora quis escrever um livro sobre este tema devido a vivências pessoais, que refere no final do livro.
Para mim foi um livro acessível e de leitura rápida mas que não me marcou.

3/5

sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Bookhaul #14 - Julho de 2016

Em Junho não houveram compras de livros, mas em Julho o caso mudou de figura...

Do Bookdepository veio a trilogia Winners's comprada com um cupão com 5% de desconto que me tinham enviado. Já li a trilogia e adorei!

Ainda do Bookdepository e também com 5% de desconto vieram também: Prom and Prejudice (também já li e vai sair opinião), Rebel of the Sands, The Star Touched Queen, Witch Hunter, The Sleeping Prince, The Vanishing Throne.

Da Wook com 20% de desconto vieram: A Teia da Carlota, Precious, Ready Player One, Princípe dos Espinhos, amostra do livro Maestra, Templários, O Longo Inverno (que ficou por 4eur!)
Da Note It veio o A Desumanização com 40% de desconto.


Num leilão no Facebook comprei o Filipa de Lencastre por 8.45eur com portes de envio incluídos, que já tinha lido através da biblioteca e gostei imenso, mas estava na wishlist por ser um bocado carote, cerca de 23eur. Através do Olx comprei o Pequenos Vigaristas por 6.5eur com portes de envio incluídos.

E por fim, também através do Olx, comprei o A Rainha dos Sipaios que estava na wishlist desde que saiu e ficou por 5 eur com portes incluídos.

Penso que por uns tempos não vai haver novamente bookhaul ;)

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Prom and Prejudice - Elizabeth Eulberg - Opinião


Sinopsis
After winter break, the girls at the very prestigious Longbourn Academy become obsessed with the prom. Lizzie Bennet, who attends Longbourn on a scholarship, isn't interested in designer dresses and expensive shoes, but her best friend, Jane, might be especially now that Charles Bingley is back from a semester in London. Lizzie is happy about her friend's burgeoning romance but less than impressed by Charles's friend, Will Darcy, who's snobby and pretentious. Darcy doesn't seem to like Lizzie either, but she assumes it's because her family doesn't have money. Clearly, Will Darcy is a pompous jerk -- so why does Lizzie find herself drawn to him anyway? Will Lizzie's pride and Will's prejudice keep them apart? Or are they a prom couple in the making? 


Opinion
One of my favorite books is Pride and Prejudice, and I love the BBC mini-series, so when I saw that Prom and Prejudice offered to retell that story through teenagers, I ordered it and read it as soon as arrived.
Lizzie Bennet is one of two scholarship kids going to an all-girl school. And because of being poor is harassed by the other students. So it's not surprise that she has no interest in any of the guys attending the nearby school for prestigious young men, Pemberley Academy - particularly the snobby Will Darcy. However, she does enjoy the company of his friend Charles Bingley and loves that her friendly roommate Jane has drawn his attention. At least Jane will be able to attend Prom with a decent guy. 

It doesn't take long for Charles' sister Caroline to ruin Jane's hopes for a prom date. While trying to help mend Jane's broken heart, Lizzie also has to fight the unwanted attention from Colin and the sudden stalking Will seems to be doing at the coffee shop she works at. Also we have the charming Wick that also dislikes Darcy and is very friendly with Lizzie who is in need of someone who relates to her situation.
It's a predictable story but is well written, it's light and leaves a warm feeling in your heart. I recomend it for the Austen fans, for a light summer reading.

3.5/5

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Lock and Key - Sarah Dessen - Opinião


Na primeira foto está o livro com a jacket rosa que é recortada em forma de fechadura. Na segunda foto temos o livro sem a jacket que é lindo em tons de azul com a foto da mão a segurar um colar com uma chave e fechadura. Acho que é um dos livros mais bonitos que tenho na estante.

Sinopse

Ruby, where is your mother?
Ruby knows that the game is up. For the past few months, she's been on her own in the yellow house, managing somehow, knowing that her mother will probably never return.
That's how she comes to live with Cora, the sister she hasn't seen in ten years, and Cora's husband Jamie, whose down-to-earth demeanor makes it hard for Ruby to believe he founded the most popular networking Web site around. A luxurious house, fancy private school, a new wardrobe, the promise of college and a future; it's a dream come true. So why is Ruby such a reluctant Cinderella, wary and defensive? And why is Nate, the genial boy next door with some secrets of his own, unable to accept the help that Ruby is just learning to give?
Best-selling author Sarah Dessen explores the heart of a gutsy, complex girl dealing with unforeseen circumstances and learning to trust again.

Opinião com spoilers

Ruby tem 17 anos e vive com a mãe que é negligente para com ela. O seu pai abandonou-as quando ela era pequena e a sua irmã mais velha deixou de aparecer quando foi para a faculdade (ou pelo menos é isso que a Ruby pensa). Entretanto Ruby está habituada a cuidar dela, tem um emprego e cuida da casa e mesmo da mãe sempre que a mãe se mete em problemas. Além disso, a mãe está sempre a fazer com que se mudem e a inventar novos nomes para ambas, para fugir a credores.
Até ao dia em que a mãe a abandona. Durante uns tempos, Ruby desenrasca-se sozinha, mas eventualmente a segurança social descobre e leva-a para uma instituição. Aí, a irmã que Ruby pensava que não queria saber dela, vai buscá-la e leva-a para viver consigo e com o marido. Estes estão muito bem financeiramente o que quer dizer que Ruby agora apenas tem de se preocupar em estudar. O problema é que esta estabilidade é estranha para ela, pois não está habituada a confiar e a ter tantos luxos. Então ao longo do livro vamos acompanhar a evolução da personagem que tem de aprender a confiar nos outros e a importância da família.
Penso que a autora queria mostrar ao longo de todo o livro, os laços que se estabelecem numa família "normal". Como o comportamento desses mesmos familiares condiciona o crescimento, aprendizagem e forma de estar na vida, assim como o modo como interegimos com os outros.
Ruby envolve-se com Nate, o vizinho do lado que também tem os seus problemas com o pai, mas aqui o romance é secundário apesar de ser engraçado acompanhar o desabrochar da sua relação.
Não sei se faltou qualquer coisa por não ser o meu género literário favorito ou se faltou qualquer coisa à história ou personagens.
De qualquer modo é uma leitura que recomendo quer para adolescentes quer para adultos, devido ao tema retratado, além de ser um livro com uma boa escrita.
Este é o primeiro livro que leio da autora e fiquei com curiosidade para ler mais.

3.5/5

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Summer TBR

Para estas férias de Verão, depois de andar a arrumar os livros que tenho por ler, selecionei alguns livros que já há muito tempo quero ler mas por um motivo ou outro tenho adiado e lido outra coisa, ou apenas por preguiça de lhes pegar.
Então, estes são os livros que tenho para ler, nada de batota e ir pegar nos outros! O espaço para guardar os livros não está a aumentar, antes pelo contrário... Se não os conseguir terminar, então vai ser altura de unhaul, uma vez que não faz sentido ter livros que não leio ou não gosto quando há tantos livros bons à espera de uma oportunidade de virem cá para casa ;)


Lágrima - este já li mas já não me lembro bem da história e precisava de o reler antes de ler o seguinte
A Cascata do Amor - para ler depois de ler o Lágrima
Ana Karenina - está por aqui já há mais de 1 ano e está na altura de o tentar ler
A Monster Calls - também está por cá há mais de 1 ano
Vendetta - comprei-o cheio de expectativa mas estou a perder a vontade de o ler, por isso é melhor tratar do assunto
Dash & Lily's Book of Dares - já li um livro dos autores e não gostei nada por isso tenho de ver se leio este ou se ele segue caminho
O Paraíso das Damas - está cá em casa também há mais de 1 ano...
Witch Hunter - compra recente
Prom & Prejudice - quando este post sair, já terei terminado de o ler
Ir é o melhor remédio - para tirar ideias de sítios a visitar
Pequenos vigaristas - também uma compra recente e é muito pequeno
Sissi, imperatriz por amor - já o comecei a ler mas está em pausa 
Champion - ando a arrastar este por não querer terminar a trilogia (se é que faz sentido)
Jane Eyre - já comecei a ler e ficou em pausa
Amy and Roger's Epic Detour - está na altura de ver se o leio ou o despacho
Slated - também tinha bastante vontade de o ler mas agora nem por isso
Fire & Flood - li as primeiras páginas e pousei-o, mas queria dar-lhe uma nova oportunidade
Fala-me de um dia perfeito - também já cá está há muito tempo
Inferno - no Verão sabe-me sempre bem ler Dan Brown
A Papisa Joana - comecei a ler e estava a gostar mas acabei por por de lado e ler outra coisa
Eleanor & Park - também está cá desde que foi lançado em PT e está na altura de o ler

Depois vou dizendo como a coisa corre e que livros desta lista efetivamente li ou não e os que decidi manter na estante e os que vão para unhaul

segunda-feira, 11 de julho de 2016

As pessoas felizes lêem e bebem café - Opinião


Sinopse
Depois da morte do marido e da filha num brutal acidente de automóvel, Diane fecha-se em casa durante um ano, imersa em recordações, incapaz de reagir. Mas, quando já nada parece poder mudar, é precisamente uma dessas recordações que a faz escolher Mulranny, uma pequeníssima aldeia na Irlanda, como destino.

Instalada numa casa em frente ao mar, Diane é gentilmente recebida por todos os habitantes - todos menos um. Será Edward, o bruto e antipático vizinho, a resgatar Diane da apatia em que parece estar novamente a mergulhar. Primeiro, pela ira e pelo ódio. Mas depois, contra todas as expectativas, pela atracção. Como enfrentar este turbilhão de sentimentos? O que fazer com eles?


Opinião com spoilers
O título e a capa não me atraíram antes pelo contrário, mas a sinopse deixou-me intrigada. No início temos uma Diane em modo severamente deprimido, tendo praticamente desistido da vida, após a morte da filha pequena e do marido num acidente de viação. Com a ajuda do amigo e sócio Felix  (ambos têm um café /livraria chamado As Pessoas Felizes) ela decide ir para a Irlanda e instala-se numa casa em frente ao mar. 
Diane é bem recebida por todos os habitantes, típico de uma pequena povoação, com excepção do seu vizinho Edward. As várias atitudes que este toma, por um lado deixaram-me intrigada por outro ficava com vontade de lhe partir um tijolo na cabeça. Mas pelo menos com estes comportamentos,  Diane sai da apatia em que parece estar novamente a mergulhar.
E aos poucos ambos se envolvem e aparentemente de modo muito profundo. Até aqui tudo bem. Escrita envolvente, história e descrição dos personagens credível e mesmo capaz de nos levar ás lágrimas.
Daqui para a frente foi o descalabro.
Aparece a ex do Edward que o traiu entre outras coisas e o que é que ele faz? Manda-a passear? Não! Manda passear a Diane. A Diane como cresceu imenso desde o início do livro, sofre no início mas depois continua com a sua vida sem o Edward certo? Não. Luta por ele, que com duas mulheres aos pés não sabe o que há-de fazer. Convém referir que o comportamento odioso do Edward para com a Diane foi todo por causa das coisas que a ex lhe fez, e mesmo assim ele deixa-a ficar em sua casa para terem uma possível reconciliação. Finalmente a Diane ganha juízo e decide voltar para casa e retomar o negócio da livraria/café, quando o Edward lá se decide e quer impedi-la de ir. Ela desta vez vai à vida dela, mas aqui percebemos que o Edward quer mesmo é ficar com ela e não soube gerir a situação em que se encontrava. Pois, temos pena porque a Diane já não está para aí virada. 
Fim. Pois.


3/5

quinta-feira, 7 de julho de 2016

Sweet Evil - Wendy Higgins - Opinião


Sinopsis
Embrace the Forbidden
What if there were teens whose lives literally depended on being bad influences?
This is the reality for sons and daughters of fallen angels.
Tenderhearted Southern girl Anna Whitt was born with the sixth sense to see and feel emotions of other people. She's aware of a struggle within herself, an inexplicable pull toward danger, but it isn't until she turns sixteen and meets the alluring Kaidan Rowe that she discovers her terrifying heritage and her willpower is put to the test. He's the boy your daddy warned you about. If only someone had warned Anna.
Forced to face her destiny, will Anna embrace her halo or her horns?



Opinion
Anna always felt different from the other people because she could see their auras but also she has enhanced senses, a good memory and never has been sick. 
The idea for the story was good and it was what interested me, but the writing was poor, repetitive, boring even. The things just keep hapening to Anna but she never show a strong emotion  towards those things and revelations. She saw Kaiden and fell in love with him just because he was handsome. He was a big bad, no wait, he was not, his father was. Wait everybody is evil except Anna. Anna is so pure that cannot be around all the people in her life. They tell her that but she still is around them all instead of going away as she should.
Maybe this is a book that targets younger readers that won't notice all the things that seem wrong, but then, the sexual content and sexual tension is not for younger readers in my opinion.


2/5

segunda-feira, 4 de julho de 2016

The Siren - Kiera Cass - Opinião


Sinopsis
"You must never do anything that might expose our secret. This means that, in general, you cannot form close bonds with humans. You can speak to us, and you can always commune with the Ocean, but you are deadly to humans. You are, essentially, a weapon. A very beautiful weapon. I won't lie to you, it can be a lonely existence, but once you are done, you get to live. All you have to give, for now, is obedience and time..." 
The same speech has been given hundreds of times to hundreds of beautiful girls who enter the sisterhood of sirens. Kahlen has lived by these rules for years now, patiently waiting for the life she can call her own. But when Akinli, a human, enters her world, she can't bring herself to live by the rules anymore. Suddenly the life she's been waiting for doesn't seem nearly as important as the one she's living now.

Opinion
So this book is about mermaids. As a fan of the Disney movie The Little Mermaid and The Selection series from Kiera Cass, I was excited to read this book. The story has a strong begining with the main character forced to make  a choice: to die or to become a siren and for 100 years sing people to their deaths. As is obvious  she chooses to become a siren. The story follows her and her sisters sirens through the years and the conflict she has with herself for killing people and with The Ocean that made the deal with her but also cares for her very much. Until the day she meets a boy named Akinli and with a couple of sentences falls in love with him.  Really, she meets him twice and falls so madly in love all of a suden that she is willing to risk herself and her sisters for that love. So these two conflicts extend trough all the book, making it boring and leading to a predictable end. 
I think that this could work as a short story, cutting the parts that where stretched and add nothing to the story. 
2.5/5

sábado, 2 de julho de 2016

The Wrath and The Dawn duology - Renée Ahdieh - Opinião


The Wrath & The Dawn

Sinopsis
Every dawn brings horror to a different family in a land ruled by a killer. Khalid, the eighteen-year-old Caliph of Khorasan, takes a new bride each night only to have her executed at sunrise. So it is a suspicious surprise when sixteen-year-old Shahrzad volunteers to marry Khalid. But she does so with a clever plan to stay alive and exact revenge on the Caliph for the murder of her best friend and countless other girls. Shazi's wit and will, indeed, get her through to the dawn that no others have seen, but with a catch...she's falling in love with the very boy who killed her dearest friend. She discovers that the murderous boy-king is not all that he seems and neither are the deaths of so many girls. Shazi is determined to uncover the reason for the murders and to break the cycle once and for all.

Opinion
From the sinopsis I was interested in the story: kind of a retelling of the 1001 nights, mixing fantasy, romance and magic with deserts and oasis as background.
 I didn't feel particularly swept away by it, or moved until closer to the end. This was because I had some dificulties liking the mais characters and understanding their motivations, while the author was worldbuilding. 
On the the last third of the book there's finally an outpouring of emotion, when the story catches a little fire and made me genuinely invested in the characters, intrigued about where the author was leading us,  and anxious to see what was going to happen.
What I liked:
-- Interesting theme
-- A world very different from what we're used to in Fantasy/YA

-- The various misteries happening all at once, concerning all the characters
-- Almost nothing was what it seemed
-- Nice action scenes towards the end

-- The romance (with some restraints on my part)
What I wanted;
-- Magic well explained
-- Understanding the characters more, they lacked dimension
-- understanding why the two main characters are drawn together, particularly why Khalid is so intrigued by Shazi that he continues to spare her life
-- Feel more conected with the characters

3.5/5


The Rose & The Dagger

Sinopsis
"I am surrounded on all sides by a desert. A guest, in a prison of sand and sun. My family is here. And I do not know whom I can trust. " In a land on the brink of war, Shahrzad has been torn from the love of her husband Khalid, the Caliph of Khorasan. She once believed him a monster, but his secrets revealed a man tormented by guilt and a powerful curse one that might keep them apart forever. Reunited with her family, who have taken refuge with enemies of Khalid, and Tariq, her childhood sweetheart, she should be happy. But Tariq now commands forces set on destroying Khalid's empire. Shahrzad is almost a prisoner caught between loyalties to people she loves. But she refuses to be a pawn and devises a plan. While her father, Jahandar, continues to play with magical forces he doesn't yet understand, Shahrzad tries to uncover powers that may lie dormant within her. With the help of a tattered old carpet and a tempestuous but sage young man, Shahrzad will attempt to break the curse and reunite with her one true love."

Opinion
The author read my thoughts on the first installement, because what I thought was laking on the first book was developed and wraped in the second book. 
We get to see more magic, and connect with the characters, understanding their motivations and where they were heading. 
We see the bond linking Shazi and Khalid, and doesn't look instalove anymore.
And the plot twists were also good to keep me guessing, adding some more mistery.
The bad aspects also existed: although I would like to know more about two characters who were secundary to the story but vital to the outcome because they were the key to the magic. I never understand why Shazi had magic. And it seemed so easy to Khalid break the curse after all the drama around it! So some wrap up of the story seemed rushed as we remain guessing what hapened to other characters except for the main ones.

4/5 

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Reading Slump ?!

Já vos aconteceu começarem um livro e não vos apetecer continuar a lê-lo? E depois começar outro e também pousá-lo? E outro? E outro?
Pois, isso é o que me tem acontecido por isso acho que estou numa fase em que não consigo ler aka reading slump...


 Na foto estão os livros que comecei a ler e parei. Vamos ver se esta fase passa...

sábado, 11 de junho de 2016

Bookunhaul #4 com reviews

E com a compra de livros, leitura de outros, há aqueles que depois de lidos não me despertaram interesse e aqueles que comecei a ler mas não consegui terminar. Por isso aqui vai mais um unhaul:

Dream a little dream - Kerstin Gier
Li cerca de 1/4 do livro e estava a ficar aborrecida por situações clichê que já li em tantos outros livros, mas em melhor. Saltei para o fim do livro e constatei que já tinha lido um final semelhante noutro livro, no Hex Hall se não estou em erro. Fiquei um pouco desiludida com a autora porque tinha gostado muito da trilogia Ruby Red.

O Mar Infinito -Rick Yancey
Este não cheguei sequer a abrir para ler. Comprei-o quando comprei o A 5Vaga e apesar de não ter desgostado desse também não o achei nada de por aí além e perdi o interesse em continuar a série.

Scent of Magic - Maria V. Snyder
Gostei imenso do 1ºvolume desta trilogia mas este volume e o terceiro foram só para encher...

Taste of Darkness - Maria V. Snyder

Fire & Flood; Salt & Stone - Victoria Scott
Comecei a ler esta duologia com o Fire & Flood mas achei a personagem principal tão chorona e infantil que o pousei e não me apeteceu voltar a pegar.

Sense & Sensibility - Joanna Trollope
O Sensibilidade e Bom Senso da Jane Austen foi sempre o romance que menos gostei da autora Mas quando ouvi falar sobre esta versão da Joanna Trollope nesta edição linda tratei de o comprar. Mas lá está apesar de ser uma adaptação aos tempos modernos de um clássico, continua a ser aborrecido. Para os fãs do original, sem dúvida que recomendo.

Defiance; Deception - C. J. Redwine
Li o Defiance e não quis continuar com a série. Podem ver a minha opinião aqui


Alice in Zombieland - Gena Showalter
Comecei a ler mas perdi o interesse e não tenho vontade de lhe voltar a pegar...
Vendido


Sweet Evil - Wendy Higgins
Foi uma leitura agradável mas se calhar não é para a minha faixa etária. Opinião em breve aqui no blog.

The Heir; The Crown  - Kiera Cass
Gostei de ler o The Heir, porque tinha gostado dos livros anteriores e este seguia a mesma linha, mas quando li o The Crown, fiquei desiludida com o rumo que foi dado ás personagens... 
The Crown - vendido

Série Lux - Jennifer L. Armentrout
Foram uma leitura agradável, bem rápida e sem dúvida a autora sabe agarrar o leitor à história, mas não me imagino a relê-los por isso não quero ter uma cópia física. 

Vendidos

Bloodfever; Darkfever - Karen Marie Moning
Li o 1º volume da série após ter visto algumas reviews a elogiar a série. Não percebi o porquê do entusiasmo...


O Mundo de a Guerra dos Tronos - George R. R. Martin - vendido
É uma edição muito bonita mas não traz conteúdo que não se encontre no youtube em videos feitos por fãs. Por isso optei por não o manter na minha coleção.

Austenland - Shannon Hale

Midnight in Austenland - Shannon Hale

Todos os livros mencionados neste post vão estar disponiveis para venda. Se alguém estiver interessado é só enviar um mail para shopgirlon@gmail.com

domingo, 5 de junho de 2016

Bookhaul #13 - Maio 2016

Aqui está o bookhaul de Maio :)


 Sweet Evil - Wendy Higgins - comprado como novo em 2ª mão aqui
Prodigy - Graphic Novel - Marie Lu - Bookdepository
Ruined - Amy Tintera - Bookdepository
The Rose and the Dagger - Renee Ahdieh- Bookdepository
Frozen Tides - Morgan Rhodes - Bookdepository
Ensaio sobre a cegueira - José Saramago - Wook
Howl's Moving Castle - Diana Wynne Jones - Wook - comprado com vale de 5 eur oferecido pela Wook
Castle in the air - Diana Wynne Jones - Wook - comprado com vale de 5 eur oferecido pela Wook
A Court of Mist and Fury - Sarah J. Maas - Bookdepository
The Crown - Kiera Cass - Bookdepository
While Beauty Slept - Elizabeth Blackwell - Bookdepository 
As pessoas felizes leem e bebem café - Agnés Martin-Lugard - Wook - - comprado com vale de 5 eur oferecido pela Wook
Para onde vão os guarda-chuvas - Afonso Cruz - Wook - comprado com vale de 5 eur oferecido pela Wook


Fiz também uma encomenda no Awesomebooks de livros usados, em que cada livro ficou por cerca de 3.5eur :)

Bloodlines - Richelle Mead
The Falconer - Elizabeth May
The Iron Queen - Julie Kagawa
We'll always have summer - Jenny Han
Midnight in Austenland - Shannon Hale
Austenland - Shannon Hale
The Summer Garden - Paullina Simons
Falling Kingdoms - Morgan Rhodes
The Austen Book Club - Karen Joy Fowlet
Shopaholic & Baby - Sophie Kinsella
More than this - Patrick Ness
Just Listen - Sarah Dessen
Lock and Key - Sarah Dessen

Os livros Bloodlines, Falling Kingdoms e The Summer Garden, vieram com aspecto usado e um pouco danificados por isso enviei mail ao site a reclamar e devolveram metade do valor que paguei por cada livro, logo ficaram bastante em conta. Se gostar realmente deles após os ler, compro mais tarde novos para juntar ás estantes.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Bookshelves - Maio 2016

Pela primeira vez, decidi fazer uma espécie de bookshelf tour, que em vez de ser em vídeo é em imagens. Como andei a reorganizar as estantes, achei que era a altura ideal para tirar fotos, tanto para eu ter um registo dos meus livros, como para vos mostrar. Espero que gostem!


Prateleira 1


Prateleira 2

Prateleira 3

Prateleira 4


Prateleira 5

Prateleira 6

Prateleira 7

Prateleira 8

As minhas "estantes" são na realidade 2 vitrinas Detolf do Ikea, pois assim são transparentes para os livros estarem bem visíveis, e por outro lado minimiza muito o pó que estes apanham numa estante normal.